Postagem em destaque

Rock on Stage: "Tales Of The Dark Cult " entre os melhores lançamentos nacionais do ano de 2015.

RATTLE citado entre os melhores lançamentos nacionais do ano de 2015!! "No lado do Thrash Metal então é quase um ultraje citar alg...

sexta-feira, 6 de julho de 2012

Metal Samsara (Review): Hell's Thrash Horsemen/Rattle – Pain is Inevitable (Split CD)





Holocaust Prod./Hedacrusher Prod. – Nacional
Notas: 7 para Hell's Thrash Horsemen; 9 para Rattle
Por Marcos Garcia

Desde os anos 80, a fórmula dos Splits continuamente é usada, trazendo duas bandas, em geral desconhecidas do grande público, e com esse entre as bandas Hell's Thrash Horsemen (da Rússia) e o Rattle (do Brasil) não poderia ser diferente.
Ambas as bandas são quintetos, sendo que os russos se dedicam a fazer um Thrash Metal anos 80 bem personalizado, com fortes toques da segunda geração da escola americana, ou seja, não abrem mão da agressividade e peso, mas ao mesmo tempo, as melodias estão presentes de forma bastante evidente, em uma música técnica e cheia de energia. Já o Rattle prefere fazer um Thrash/Death Metal forte, com bastante técnica e peso, mas ao mesmo tempo, intenso e bem agressivo, seguindo os moldes da escola européia (especialmente a sueca) do estilo.
Os russos gravaram, mixaram e masterizaram seu trabalho nos Alex Studio em setembro de 2008, com a produção de Alex Chernenkov e da própria banda, e a gravação ficou em um nível bem razoável, embora um pouquinho abafada, mas é possível captar a sonoridade da banda e ver que sua proposta sonora é boa.
Já o Rattle fez sua parte de estúdio nos MD Studios, tendo a parte técnica sido feita por Sidinei Falcão, em uma gravação limpa e seca, bem ríspida e que foca no conjunto, ou seja, todos os instrumentos aparecem bem.
O Hell's Thrash Horsemen é uma boa banda, mas carece de uma pequena dose de personalidade, pois ainda está muito apegado às suas influências, logo, ainda parecem com outras bandas. Não é que não exista personalidade no trabalho musical deles, mas poderia ser melhor, e ouvindo, temos a clara idéia que a banda é boa, especialmente por momentos fortes como Prologue to Slaughterhouse, uma faixa bem variada e forte, assim como a cadenciadaBeginning of War, a boa Serial Man e o cover para The Preacher, do Testament. Ou seja, eles podem e tem talento para fazer um trabalho excelente.
O Ratlle é uma banda bem justinha, tem personalidade e sabe equilibrar bastante sua sonoridade, sabendo ser técnico e ríspido, mas sem deixar de mostrar uma técnica musical ótima. Ótimos riffs em The Hell of the Living Dead, música bastante empolgante com momentos bem 'slayerianos' aqui e ali; Drinking Blood, com seu baixo bem técnico e ótimos vocais guturais, em outra faixa bastante envolvente; a curta e esporrenta Operation: Exterminate!; The End, uma faixa muito bruta e intensa, com ótimas conduções por parte da bateria; e a ótima versão para Mass Hypnosis, do Sepultura, expondo uma influência de seu som, mas sabendo ter personalidade própria.
Parabéns a ambas as bandas, e esperamos notícias ótimas de cada uma delas.


Hell's Thrash Horsemen - ...Till Violence

Tracklist:

01. ...Till Violence
02. Prologue to Slaughterhouse
03. Beginning of War
04. Hell's Thrash Horsemen
05. Serial Man
06. My Feelings to the Past
07. The Preacher (Testament Cover)



Formação:

Alexander Ivanov – Vocal
Nick Komshukov – Guitarras
Andy Kozhekin – Guitarras
Gleb Mikhaelchenkov – Baixo
Andy Azarov – Bateria

Contatos:



Rattle – Hell of the Living Dead

Tracklist:

08. Hell of the Living Dead
09. Drinking Blood
10. Operation: Exterminate!
11. The End
12. Mass Hypnosis (Sepultura cover)



Formação:

Val Oliveira – Vocais
Henrique Coqueiro – Guitarras
Gustavo Martins – Guitarras
Louan Kemlin – Baixo
Drica Lago – Bateria


Contatos:


Originalmente publicado no site Metal Samsara em 06 de julho de 2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Follow us on FaceBook